Úlceras Isquêmica, Causas e Sintomas

No Comments
Rate this post

As úlceras isquêmico podem acontecer interrupção do fornimento de sangue arterial para uma dimensão da pele. Frequentemente se desenvolvem nas pernas nos pés, usualmente no calcanhar, nos dedos dos pés ou entre os dedos dos pés em um paciente com doença vascular os tornozelos. Podem ser causados no leito de uma unha se esta curta na pele. Nos periferia da pele deve ser pálida fria, o que sugere falta de regadura sanguínea.

Enfim, se produzem as úlceras isquêmico por fluxo sanguíneo deficiente nas pontas. A interrupção do fluxo sanguíneo a uma determinada uma parte do corpo é causada pela oclusão súbita ou crônica das artérias que o irrigam.

Úlceras isquêmico. Aterosclerose. Veias obstruídas

As artérias obstruídas ou aterosclerose são a desculpa mas geral de úlceras isquêmico. As artérias obstruídas evitam que haja um fluxo sanguíneo saudável para as pernas. Isso quer dizer que os tecidos das pernas não recebem suficientes nutrientes ar

As células, os tecidos os músculos das extremidades inferiores se vêem privadas de gás, o que leva à morte celular. A morte de células resultante se exteriorizará em uma ferida ensejo, que deve remediar bastante lentamente ou não se sanar nunca de todo, porque não há ar para auxiliar no processo de tratamento.

Varias vezes as pessoas com má circulação também possui danos nos nervos ou úlceras nos pés diabetes

O tabagismo excessivo o diabetes são os primordiais fatores desencadeantes das úlceras isquêmico, o que é bastante essencial a ensino para a saúde a prevenção.

A incidência de úlceras de origem arterial entre fumantes de mas de quinze cigarros por dia é quinze vezes superior ao dos não fumadores. O consumo de tabaco está associado a diabetes aumenta o risco de úlceras isquêmico 3,3 6,3 se, aliás, está sócia a hipertensão arterial.

As úlceras diabéticas são a desculpa mas geral de excisão não traumática de membro subalterno em Portugal, porque, sete de qualquer 10 se devem a esta nosologia, conforme a Sociedade Da Espanha de Angiologia Cirurgia Vascular (SEACV).

Os sintomas mas comuns abrangem:

  • Feridas vermelhas, amarelas, cinzentas ou escuro preto.
  • Bordas ou arestas elevados ao volta da ferida (parecem perfurados).
  • Não há sangramento.
  • Ferida profunda, através da que os tendões podem mostrar.
  • A pele na perna aparece pomposo, firme, seca sem pêlos.
  • Esticar a perna para um lado da leito ou de uma cadeira, faz com que a perna para permanecer vermelha.
  • levanta a perna, é pálida fria ao toque.
  • Dor nas pernas, usualmente à noite. A dor deve desvanecer a perna se põe para insignificante.
  • A úlcera deve ou não deve ser nota.

Pessoas com maior fator de risco de úlcera isquêmico

Fatores de risco existem para:

  • Diabéticos
  • Fumadores
  • Pessoas que têm doenças inflamatórias, como o lúpus
  • Pessoas com insuficiência renal
  • As pessoas que têm acúmulo de líquido nas pernas: linfedema
  • Os/as que têm pressão arterial alta

Tratamento de úlceras isquêmico

O dr. tentará restaurar a circulação das pernas empregar ligaduras como gaze, gel, espuma ou outros com intenção de a ferida ou úlcera não se infectar.

Também é recomendável o uso de um calçado macio confortável, não marchar descalço, inspecionar, com freqüência, a espaço lesada.

É provável que seja necessário tomar medicamentos. , em certos casos, deve necessitar de cirurgia.

O tratamento é complicado, visto que a desculpa do obstáculo é uma oclusão arterial.

Por si mesma, o surgimento de uma úlcera isquêmica é um presságio de saúde, dado que implica uma enfermidade arterial obstrutiva em período avançada.

Depois estudar a histórica clínica do paciente explorar os pulsos no membro afetado, vai ter que fazer uma arteriografia dos membros inferiores.

Úlceras isquemicas. Arteriografia

Como medidas gerais, destacamos as seguintes:

  1. Monitorar as doenças relacionadas que possui o paciente, principalmente a diabetes a hipertensão
  2. Mitigar ativamente a dor.
  3. A perna lesada tem permanecer em repouso.
  4. Não movimentar a perna ou o pé na leito para evitar o turgescência.
  5. Isolar a úlcera do envolvente extrínseco dos traumatismos através de ligaduras que não levem esparadrapos sobre a pele.
  6. Elevar mais ou menos quinze graus da cabeceira da leito.
  7. Ter uma dieta apropriada.
  8. Iniciar de forma veemente um tratamento antitabagismo
  9. Levar a medicação vasodilatadora estabelecida.

Prevenção de úlceras isquêmico

Se você está em risco de úlceras isquêmico, tomar essas medidas podem auxiliar a evitar obstáculos:

  • Confira seus pés pernas todos e cada um dos dias. Verifica as partes superiores inferiores, os tornozelos, calcanhares entre os dedos. Procura mudanças na cor, as zonas vermelhas ou doridas.
  • Use sapatos que lhe fiquem muito, não se esfregue ou zona sem exercitar pressão sobre os teus pés. Use sapatos que se ajustem. Os sapatos que são muito grandes podem geminar em seus sapatos motivar dor.
  • Não cruze as pernas ao vai sentar. Isso deve cortar o fluxo de sangue para as pernas. Tente não vai sentar ou estar de pé bastante tempo em uma mesma posição.
  • Protege os pés do muito frio.
  • Não marchar descalço. Protege seus pés de lesões.
  • Não use meias de compressão ou faixas a menos que seja aconselhado pelo dr.. Estes podem restringir o fluxo sanguíneo.

Certas mudanças de estilo para toda a vida podem auxiliar também. Se você possui uma ferida, tomar essas medidas podem prosperar o fluxo sanguíneo a tratamento da ferida:

  • de fumar. Fumar deve levar à obstrução das artérias.
  • Se você possui diabetes, sustenta os níveis de açúcar no sangue sob controle. Isso ajudará a remediar mas rápido.
  • Faça manobra, tanto quanto você deve. Sustentar-se ativo deve auxiliar com o fluxo de sangue.
  • Consome uma dieta saudável dormir o suficiente à noite. Mantê-lo saudável irá auxiliar a medicar as feridas.
  • Baixa de peso, se você possui excesso de peso.
  • Gerencie os seus níveis de pressão sanguínea de colesterol.
  • Verifica-se com o seu dr. ou podólogo se você reunir sintoma ou sintoma de infecção, como:
  1. Abrasamento, aumento de temperatura, ou inchaço ao volta da ferida
  2. secagem extra
  3. Pus
  4. Cheiro
  5. Febre ou arrepios
  6. Aumento da dor.

As úlceras isquêmico freqüentemente precedem a premência de uma ablação, a gangrena úmida ou seca também deve estar sócia com elas. É vasqueiro que uma úlcera isquêmica se cure, se se deve fazer para progredir o fornimento de sangue arterial para a espaço impactada.

A medicina hiperbárica evita amputações por úlceras isquêmico

A emprego de gás hiperbárico se mostra eficiente para o tratamento de úlceras isquêmico

Úlceras isquêmico. Ulcemed

Conforme pesquisa publicado pela Sociedade de Cicatrização de Feridas a Sociedade Europeia de Reparação Tecidual realizado pelo departamento de Medicina de Urgência da State Medical University, em Siracusa, Novidade Iorque (EUA), em 2014 “impor ar hiperbárico de extensa pureza, através de câmeras, o piloto de subida pressão (até 3 atmosferas) em um programa guiado com participação de cuidados de enfermagem “deixa vascularizar as feridas auxiliar a cicatrização“, alerta o doutor Fernando Gonzalez, coordenador dr. do Nosocômio São Francisco de Assis de A capital da Espanha, que possui um novo sistema de tratamento de feridas em medicina hiperbárica. Esse sistema é chamado de Ulcemed.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *