Dez Zonas Sexuais Femininas para Chegar ao Orgasmo

No Comments
Rate this post

Dedicar a sua atenção a determinadas Zonas Sexuais Femininas pode transformar o sexo em uma experiência inesquecível. Aqui tem uma pequena guia de zonas erógenas, que deverá ter em conta na hora de fazer com que seu parceiro, aproveite o máximo possível.

Zonas Sexuais Femininas: ROSTO

O cérebro de uma mulher fica em branco para o orgasmo. Começa a sequência das Zonas Sexuais Femininas segurando a cabeça sobre seu colo e dando-lhe uma massagem com os dedos na dimensão acima das sobrancelhas. “A gente experimenta muita tensão no rosto, e ardor ajuda-o a liberá-lo e tornar-se mais perceptiva da excitação”, explica David Givens, doutor em filosofia e responsável de Love Signals. Veja se seus lábios se separam, diz a atriz: “Quando uma pessoa está excitada, relaxa os músculos que mantêm a mandíbula fechada”.

Zonas Sexuais Femininas

Zonas Sexuais Femininas: AS ORELHAS

Estas são as portas a duas formas de excitação: física (reflexógena) e mental (psicogénica), diz Emily Nagoski, doutora em filosofia pesquisadora sexual da Universidade de Indiana. Ou toque da massagem a orelha, com o polegar e o indicador enquanto fazes umas festas a secção de trás de sua cabeça com os dedos. (Ignore o lóbulo da orelha, que é insensível.) “O simples fato de ouvir sua respiração vai excitar”, diz Ann Hooper, coautora de 269 Amazing Sex Tips and Tricks for Men.

Zonas Sexuais Femininas

Zonas Sexuais Femininas: O PESCOÇO

“Cortando com seus lábios, sua goela e queixo”, diz Sandor Gardos, fundador do site de rede mypleasure.com. “A pele é mais fina nos lugares onde o corpo se flexiona. Os nervos e vasos sanguíneos estão mais mais ou menos da superfície, por este motivo, este também é o ponto onde devemos entrar o perfume”.

Zonas Sexuais Femininas

Zonas Sexuais Femininas: OS LÁBIOS

Beijar é o seu exame de admissão ao resto do corpo. “Ele aponta que sabe ser sutil, sem importar em que secção de seu corpo estiver”, explica a si mesmo. Além disso, ele oferece um entremés hormonal, inundando seu hipotálamo (núcleo de excitação do cérebro) com cheiros e sabores cheios de feromonas. Lambe delicadamente seu lábio superior e apriétalo delicadamente entre seus lábios.

Zonas Sexuais Lábios

Zonas Sexuais Femininas: OS DEDOS

Enquanto assistem a um filme ou a realizar um vôo grande, acaricia suas palmas; as mãos estão cheias de receptores sensoriais. Estende seus dedos para fora a partir da secção superior da palma da mão, movendo-os com suavidade para seus dedos. Faça isso com muita suavidade, os receptores sensíveis ao toque, na pele respondem melhor do que os receptores sensíveis à pressão. “Deve ser suficientemente humilde como com a intenção de ninguém se dê conta, mas estimulante para despertar outras partes de seu corpo”, diz Lauren Slade, fundadora do Colégio Universal de Reflexologia.

Zonas Sexuais

OS ANTEBRAÇOS

“A secção interna da boneca é muito sensível à temperatura”, explica Herbenick. Faça o teste lambendo sua boneca e soprando com suavidade para criar uma sensação refrescante. Assim, se ativam receptores especiais que detectam as diferenças de temperatura. E nos folículos capilares existem receptores sensíveis: “Qualquer extensão que tenha pêlos finos responde melhor a um toque suave, quase inexistente”, explica Gardos. “Você só tem que estimular seus cabelos e você vai sentir calafrios.”

Zonas Sexuais Braços

Zonas Sexuais Femininas: OS SEIOS

Trata com respeito o tecido erógeno repleto de nervos na secção superior subalterno do seio, de antemão de tocar o mamilo. “Sua técnica deve ser tão suave que somente hundas da pele”, diz Kerrie Grow McLean, clínico sexual do núcleo Berman, em Chicago. O mamilo (que, assim como o clitóris, envia sinais para as células que provocam o orgasmo) contém receptores que se adaptam a muitos estímulos, como por exemplo, a fricção de uma camisa ou a umidade da língua. Quanto mais tempo toques ao redor do mamilo, mais intensa será a estimulação direta.

Zonas Sexuais Femininas Seios

AS PANTURRILHAS

No início, muitas mulheres sentem cócegas neste ponto. Você só tem que aguardar. “É provável que não se excite o suficiente”, explica Gardos. Primeiro você deve trabalhar em zonas erógenas. Cobre toda a secção posterior da perna, em seguida, percorre a coxa e a panturrilha com os dedos e acaricia a jarrete (secção traseira do joelho), utilizando três dedos estendidos. Um toque mais firme pode encalhar a incipiente sensação de cócegas.

Zonas Sexuais das Mulheres

AS COSTAS

Dê massagem nos músculos entre a escápula e a coluna vertebral, e segue com batidas leves com as gemas. “Ao percorrer a espinha qualquer vez mais para baixo, os nervos tornam-se mais sensíveis”, diz Gardos. Deixe que seus dedos chegarem ao seus lados, tocando suavemente os lados dos seios. Durante a relação sexual, pegue uma folga e dar uma massagem nas costas, para retardar a ejaculação. “Processo de recrutamento de professores para uma massagem nas costas é como dizer: Vá, é considerado e me cuida e não pensa só em sexo”, disse Herbenick.

Costas como Zonas Sexuais

AS PERNAS

Pesquisadores holandeses descobriram que o simples fato de aguardar que toque inicia a actividade dos centros de planejamento e motivação cerebrais, alguma coisa fundamental para a excitação. “As mulheres gostam de se perguntar: o Que vai fazer depois?”, explica Herbenick. “Este pensamento é crucial para a excitação psicológica e o orgasmo”. Coça-se com a suavidade de suas coxas em direção à pipi, mas afaste-se de antemão de chegar a esta. Respira-se mais ou menos a boceta

Pernas como Zonas Sexuais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *